De quem muito me inspira, Edson Marques

O que eu quero mesmo é mexer na tua cabeça, por fora e por dentro.
Quero te mostrar a importância do agora.
Eu quero, respeitosamente, desrespeitar esses teus medos insensatos.
Enfrentar teus mais amados preconceitos.
Quero fazer um cafuné delicioso nos teus neurônios enrolados.
E, depois de tudo isso, passar um pente fino nos caracóis da coisa pronta.
Ainda quero te ver livre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s