Auto valorização

Fiquei imaginando, durante vários momentos, se fazer um blog para contar causos definidos por mim como “interessantes”, não seria uma grande vaidade. Vai ver até é! Mas que chatisse seria a vida sem esses lirismos momentâneos, epifanias poéticas e avaliação de valores.

Valores.
Valores.
Valores.

Então, me aprofundei em pensar em tais valores e, entre fracassos e sucessos, vi que já pratiquei o ato de julgar e se achar no direito de ter direito a tudo! Aprendi muito nesse momento mais instrospectivo da vida (bullshit essa minha longa estrada de 23 anos, não?!). Mais valem pequenos atos sinceros do que grandes tentativas de sucesso passando por cima dos sentimentos alheios.
Fiz a limpa. Deletei definitivamente coisas, pessoas, pensamentos, fases e tudo o mais que não me levava a lugar algum, me estagnava no que eu pensava achar certo e empreendedor para mim.
Dentro desses todos, encontrei minhas injustiças, falhas e fracassos – me dei a oportunidade de assumir os meus erros e realmente levar a sério essa história de “aprender a lição”. Comecei com um pequeno passo, que resultou uma sensação extremamente boa, pacífica, compensadora. E a angústia se fez felicidade.
Um pedido de perdão, sendo sincero e realmente reconhecido (não só dito), pode causar essa infindável sensação maravilhosa.

E, hoje, posso dizer que muito mudou. De mim, em mim, para mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s